XIX


ALTERAÇÕES DO NIVEL DE AGUA NO BALTICO
Fevereiro 20, 2008, 10:34 pm
Filed under: Ambiente | Etiquetas:

No tempo de Swedenberg, que escreveu em 1715, observou-se que o nível do Báltico, e do oceano germânico declinava. No meado do século passado houve na Suécia uma acalorada discussão acerca da realidade e causas deste phenomeno. Hellant de Tornea, certificado por seu pae, velho barqueiro, e além disso testemunha ocular por suas experiencias, legou os seus bens á academia das sciencias com a condição de que ella prosseguiria na investigação do phenomeno; a somma era pequena, mas o legado correspondente ao intento. Alguns membros da academia collocaram signaes em rochedos avulsos situados em bahias abrigadas, memorando os dias em que os marcos foram postos, e as alturas que tinham então acima d’agua.

O Báltico facilita muito estas experiencias, porque alli não há marés, nem circumstancias, que influam sobre a sua superfície, excepto uma desegual pressão da atmosphera sobre o seu nível e o do oceano; isto produz uma variação curiosamente exemplificada no lago Malar, junto de Stockolmo. Assim como o barometro sobre ou desce, o Baltico corre para o lago, e o lago para o báltico. Comtudo a variação, que resulta da desegualdade da pressão atmospherica é insignificante. Em sítios abrigados crescem musgos e lichens á borda d’agua, e assim formam um registo natural do nível da mesma. Sobre esta linha de vegetação se poseram signaes, que estão agora em muitos logares dois pés acima do nível d’agua.

Nos annos de 1820 a 1821, Brunerona visitou as antigas marcas, mediu a altura de cada uma acima da linha de vegetação, ficou novas marcas, e fez seu relatório á academia. Com este relatório se publicou um appendix por Halestrom, comprehendendo as medições, que elle e outros fizeram na costa de Bothnia. Destes documentos resulta; 1º que ao longo da costa do Báltico a agua está mais baixa relativamente á terra do que estava; 2º que a variação não é uniforme. Segue-se daqui que ou o mar e a terra tem ambos soffrido alteração de nível, ou a terra somente; a mudança de nivel de mar só não explicaria o phenomeno.

Há vinte e seis annos que Mr. Von Buch declarou a sua convicção de que a superfície da Suécia vagarosamente se levantou desde Frederickshall até Abo, e accrescentou que a elevação provavelmente se estendeu á Rússia. É tão forte a presumpção da verdade desta doutrina, que exige que semelhantes experiencias e observações se instituam, e continuem, por uma serie d’annos em outros países, no intuito de determinar se em mais algumas partes tem paulatinamente acontecido alguma alteração de nível.

A Associação Britannica para o progresso das sciencias já tomou isto a seu cargo, destinando uma commissão para indagar a questão relativamente ás costas da Graã-Bretanha e da Irlanda; e é de esperar que se proceda a semelhantes investigações nas costas da França e da Itália.

in O Panorama, 7 de Abril de 1838